abacateabacaxiameixaamoraamora pretaaracaazeitonabananabutiabergamotacaquifigofigo da indiaframboesagoiabaguabirobaguabijukiwilaranjalimãomaçãmamãomangamaracujámarmelomelanciamelãomirtilomorangonectarinanesperanos pecãpêrapêssegoPinhãopitangaromãuva

 

Voltar

Plantio da ameixa
O
espaçamento a ser usado:..................................................   6,0 X  4,0 metros.

Disposição das mudas no terreno:
Em forma de retângulo, triângulo ou quadrado.


Preparo do solo


- O ideal depois de escolhida a área, é preparar a terra no verão, antes do plantio do pomar.
- Retirar restos de vegetação, pedras.
- Fazer uma subsolagem.
- Aplicar calcário, conforme análise do solo.
- Fazer uma aração, incorporando o calcário.
- Fazer o plantio de uma cultura de verão, que pode ser feijão, milho, abóboras ou pastagem.
- Após a colheita destas culturas, fazer camalhões com aproximadamente 30 a 40 centímetros de altura e 2,0 a 2,5 metros de largura.

Como plantar

- Abrir covas com o tamanho suficiente para acomodar as raízes.
- A muda deve ser mantida na posição vertical e distribuir suas raízes dentro da cova, eliminando as bolsas de ar, através de uma leve compactação do solo com o pé.
- Ao colocar o enxerto na terra, é importante enterrá-lo na mesma profundidade que estava no viveiro.
- Fazer uma bacia em volta da muda plantada.
- Por cima da bacia, pode se por uma camada de palha. Ajudará a manter a umidade em torno da muda.
- Após o plantio deve-se irrigar as mudas. Com 5 a 10 litros de água.
- Colocar uma estaca, sem atingir as raízes e amarrar a muda sem enforcar.


Adubação inicial


- É recomendado para áreas maiores realizar análise de solo.
- No mínimo 3 meses antes do plantio.
- Aplicar primeiro calcário. Não se aplica junto com adubo.
- Depois aplicar o adubo recomendado, mas antes do plantio.
- Lembrar sempre que: Qualquer que  seja o adubo, se entrar em contato com as raízes, poderá queimá-las e provocar a morte da muda.


Adubação complementar


- Lembrar sempre que uma árvore de fruta precisa para o seu desenvolvimento e frutificação uma adubação complementar.
- Sempre aplicar, uma vez por ano, logo após a colheita:
      - esterco de galinha: 2 quilos por pé.
      - esterco de gado: 4 quilos por pé.

Cuidados com o plantio

- Amarre um estaca junto a muda, deixando até a muda pegar e fixar bem na terra.
- Irrigar de acordo com a umidade do solo.
- Se não chover na semana, colocar 3,0 litros de água por pé, 2 vezes por semana.
- Procure conduzir as plantas, sempre pensando no futuro, quando tiver que colher e a quantidade de sol que cada planta deve receber.
- Eliminar ramos ladrões ou arqueá-los se necessário.
- Controlar sempre as formigas. Cuidado com as lebres.
- Fazer drenagem no caso de áreas com excesso de umidade.
- Retirar os frutos que se formarem no 1º. ano.
- Mantenha uma área (coroa) sem vegetação e roçar sempre que crescer demais.
- Se a vegetação for muito rala, plantar no outono/inverno: pastagens - aveia, azevém, ervilhaca.
- Não usar grade para "limpar" o pomar.
- No primeiro e segundo ano, poderão ser plantadas algumas culturas nas entrelinhas, como feijão, milho, melão, melância.
- Para semear pastagens nos outros anos é só distribuir as sementes nas entrelinhas, sem precisar incorporar.


Podas

 A poda é um tratamento que deve ser feito em toda e qualquer frutífera. Tem as seguintes finalidades:
- Produtividade com qualidade.
- Conduzir a planta com uma forma e tamanho desejado.
- Formar uma estrutura capaz de suportar o peso de grandes cargas de frutas.
- Evitar que produza bem em um ano e no outro não (alternância).
- Evitar a ocorrência de doenças.
- Facilitar a colheita.


Controles de pragas e doenças

- Antes de aplicar qualquer produto químico, visando o controle de pragas, doenças e ervas daninhas é importante que seja feito um diagnóstico do problema.
- Antes de aplicar um produto, consulte um técnico, antes que você seja envenenado.
- Limpeza do pomar é fundamental para evitar focos de doenças.
 

Calendário de colheita para o Rio Grande do Sul:

Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez
Ameixa X X


Bibliografia:
Curso Básico de Fruticultura - Engº. Agroº. Marco Moro - Escritório Regional da EMATER - Pelotas/RS -  2006.

Voltar