abacateabacaxiameixaamoraamora pretaaracaazeitonabananabutiabergamotacaquifigofigo da indiaframboesagoiabaguabirobaguabijukiwilaranjalimãomaçãmamãomangamaracujámarmelomelanciamelãomirtilomorangonectarinanesperanos pecãpêrapêssegoPinhãopitangaromãuva

 

Romã (Punica granatum)

Dizem que esta fruta, originária da África e bem adaptada ao Brasil, afasta inveja e raiva. 
Plantar um pé no quintal, colocar uma semente no bolso e em alguns pontos da casa deixam o 
mau-olhado longe. Também dizem que, comidas na noite de Ano-novo, elas trazem prosperidade. 
Talvez. O certo, porém, é que a romã contém açúcares, tanino, ácidos orgânicos e vitamina C.

Partes utilizadas: Casca do caule e do fruto, flor e semente.


Propriedades medicinais da romã
A romanzeira é um arbusto, ornamental e medicinal, da família das Puniáceas, originário da África setentrional e aclimatado no Brasil.

Ajuda a tratar de: Disenteria, eliminação de toxinas, faringites, gengivites, infecções 
vaginais por fungos, inflamações da garganta, laringites, pele cansada e sem brilho, 
sangramento de gengiva, sapinhos, verminoses.

Utilidades Medicinais:
Angina da garganta
- Xarope do suco de romã. Extrair o suco de romã misturar com mel meio a meio e deixar cozer por uma hora. Tomar uma colher de sopa de três em três horas.
Carbúnculo - Cataplasmas com as folhas frescas trituradas. Renovar frequentemente.
Doenças da garganta - Proceder como indicado em angina da garganta. Gargarejo com o decocto das flores secas e pulverizadas. Gargarejo com o suco da romã.
Teníase - Tomar um copo pequeno de decocto da casca antes de dormir.

Fontes: Essencial - Um guia prático para cuidar da saúde, Editora Nova Cultural Ltda, São Paulo, 2001.
www.todafruta.com.br Data Edição: 07/07/04    
Emater/RS

Bibliografia: 
As Frutas na Medicina Natural
Alfons Balbach
Daniel S. F. Boarim
Edição Vida Plena
(XX11) 464-3888 - Itaquaquecetuba - SP.